quarta-feira, 13 de julho de 2011

Biologia Sintética e Tempo

Culturas misturadas: arte, ciência e queijo
Quando alguém resolve interdisciplinar um assunto pode obter muito êxito com isso, mas que vai dar um trabalho fenomenal ninguém tem como negar. O post em questão trata da união de biólogos, engenheiros, matemáticos e artistas para estudar as interações entre as populações de micro organismos, que interagem entre si de maneiras que ainda não compreendemos direito. E não há melhor lugar para realizar esse estudo do que na casca de queijos, que são produzidos devido a uma maravilha da natureza: quem ganha a batalha pra digerir o leite é a turma de micróbios que não nos causa doença. Ótimo, né? Quem não curte um queijinho delícia? E que legais devem ser os mecanismos que permitem que vários micro organismos vivam ali juntos. Provavelmente uma grande parte do genoma da E. coli é relacionado aos seus métodos de interação com outros seres. O que também se pretende é criar bactérias "novas", misturando as outras, e ver como elas se saem no mundo real. É nisso que a biologia sintética quer entrar, nesse mundo de interações que nos é ainda bastante enevoado. É o projeto "Interaçãoloma", que vai dar muito mais trabalho que o famigerado projeto Genoma (acredite, perto do novo, o Genoma é fichinha).

Comunidade microbiana, mas pode chamar de queijo

Um bando de pedras
Uma tirinha bem legal, o que é que você faz com o tempo e o espaço? Eu escrevo o blog e me divirto, você está lendo, ótimo, compartilharemos nosso tempo e espaço por alguns segundinhos.

4 comentários:

Rodolfão o grande! disse...

E que maravilha da natureza que é o gorgonzola hein!! Ahahaha um mto obrigado aos Penicillium glaucum !!

Vinícius Penteado disse...

Nem fale, mas no caso esse ai da foto é um Roquefort, agradeça ao Penicillium roqueforti. Valeu. Obrigado pela visita. Abraço

Flavia Vischi Winck disse...

Gostei muito do post Vinicius! O futuro da biologia sintética e de sistemas está bem próximo e a esperanca é que traga muitos benefícios a sociedade, além de muitos mais queijinhos gostosos! Um dos grandes desafios na educacao de hoje está em como preparar os alunos para analisar a grande quantidade de informacao que existe de maneira que possam compreender a complexidade dos fenômenos biológicos que estamos estudando hoje em dia. Flavia Vischi Winck

Vinícius Penteado disse...

AEAEAE Flavinha, adorei sua visita e seu comentário. Continue visitando sempre, é uma honra. Obrigado. Um abraço