quarta-feira, 8 de junho de 2011

Papagaios e Transgênicos

Corvos e papagaios: pássaros inteligentes, mas de maneiras diferentes
Mais um post de comportamento animal. Olha só que legal essa caixa de desafios que a pesquisadora montou para suas aves, tá certo que essas são aves de cativeiro acostumadas a passar por esse tipo de situação, mas é incrível ver o que esses pássaros podem fazer. Quando pensamos em inteligência (entenda como habilidade para resolver situações problema inéditas) logo nos vem a cabeça algum mamífero. É incrível observar isso em outros animais. Nós e as aves evoluímos de ancestrais reptilianos, mas como elas se adaptaram para o vôo, e tem bicos e asas, parecem mais diferentes de nós do que realmente são. Apesar de parecer totalmente desconfortável, elas podem fazer maravilhas com o próprio bico e com os pés, é o que você vai ver no vídeo. O começo do texto explica o vídeo, do meio para o fim fica mais legal. Adoro quando podemos visualizar que outros animais também podem fazer o mesmo que a gente, assim a gente se sente mais parte da natureza =).


Os alimentos orgânicos são a resposta?
Assunto polêmico. "Ah, o cultivo orgânico faz um bem tremendo para a sociedade, essa história de transgênicos é coisa do Diabo, vai acabar com a Natureza! Os trabalhos científicos que mostram os benefícios do uso de plantas geneticamente modificadas (GM) foram comprados pelas grandes empresas, é tudo um bando de besteira, são todos afiliados do Diabo". Não, na real está bem longe de ser assim. Desde que a sociedade começou a trabalhar com os alimentos GM muito agrotóxico deixou de ser produzido e liberado na Natureza. O post traz, de forma bem clara, que existem malefícios e benefícios nos dois tipos de cultura, tanto na orgânica quanto na tradicional, e que devemos achar um equilíbrio entre as duas, dependendo da situação em questão. Fui buscar esse artigo porque chegou aqui em casa (junto com a cesta de orgânicos que compramos toda semana) um livretinho "O olho do consumidor" do Ministério da Agricultura, de 2009, que traz a seguinte frase na página 7:  "o agricultor orgânico não cultiva transgênicos porque não quer colocar em risco a diversidade de variedades que existem na natureza.". Faça-me o favor, como assim? Que absurdo um livro de um Ministério vir com uma bobagem como essa. Nós já fazemos eliminamos variedades da natureza há milênios, quando encontramos uma variedade melhor somos capazes de destruir todas as outras e plantar somente aquela mais rentável, fizemos isso com o milho e com o trigo muito antes de pensarmos em engenharia genética. E além disso não está provado que os GM podem fazer mal a "diversidade" da natureza. Pois é, eu ainda acho que algumas pessoas pegam determinados assuntos para endemonizar, não sei se existem interesses escusos por detrás de tudo isso (provavelmente sim) mas não cabe ao governo tomar partido, e sim esclarecer a população!

2 comentários:

Sylvia disse...

Bita, quando essa cartilha foi publicada ela foi duramente criticada por conter muitos erros e por levar uma ideologia sem fundamento. Houve uma notícia que a cartilha havia sido retirada, eu inclusive recebi em 2009, mas pelo visto continua sendo distribuída. Mais uma vez, o governos deixou que bobagens fossem publicadas e que informação errônea chegasse até a população.

Vinícius Penteado disse...

Oi Syl, ótimo comentário. Brigado. O livretinho é difícil de engolir mesmo. Não consegui deixar de associar com as cartilhas anti homofobia, que foram impressas aos montes e nem chegaram a ser entregues de tão ruim que estavam. Dinheiro jogado ao vento