sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Hole Black Shit!


Como arremessar um buraco negro para fora da galáxia
Antes de tudo darei uma breve explicação sobre os buracos negros (de um interessado no assunto, infelizmente ainda não me tornei um especialista). Provavelmente toda galáxia tem em seu centro um corpo de densidade e massa incríveis, que pode alcançar 4 bilhões de vezes a massa do nosso Sol, isso mesmo, é esse número gigante, tudo isso reduzido a um corpo relativamente pequeno. Ótimo exemplo obtido aqui: pro nosso Sol virar um buraco negro o seu diâmetro tem que ser menor do que 6 km!! (atualmente é de 1,4 milhões de km). Com essa super massa, o campo gravitacional do corpo é uma força tão doida que nem a luz consegue escapar. E pra ficar ainda mais legal, de vez em quando duas galáxias se chocam, seu buracos negros centrais se colapsam e as ondas gravitacionais podem se agrupar de um lado só, catapultando o novo buraco negro formado pra o lado oposto, permitindo que ele faça uma viagem muito louca pelo Universo! Uou! Olha, toda vez que eu posto um assunto astronômico como esse eu percebo o quanto isso tudo é interessante, eu curto desde o átomo até o agrupado de zilhões de moléculas e como tudo isso interage. Abra a sua mente e ceda a força gravitacional de um buraco negro, deixe-se consumir pelo conhecimento, acho que é lá, bem no centro das galáxias, que encontraremos o pote de ouro tão almejado por todas as gerações.

2 comentários:

Hugo Costa disse...

"......deixe-se consumir pelo conhecimento, acho que é lá, bem no centro das galáxias, que encontraremos o pote de ouro tão almejado por todas as gerações."

Excelente final, será que estamos preparados para conhecer esse pote de ouro??

Abraços

Hugo Costa

Vinícius Camargo Penteado disse...

Ótima pergunta Hugo, a melhor resposta só teremos quando chegarmos lá perto pelo menos, enquanto isso temos que nos contentar com o pouco conhecimento que temos agora
Obrigado pela visita e pelo comentário
Continue visitando
Um abraço

ps: curti o Bender